sábado, 21 de agosto de 2010

Novos blogs sobre meus livros

Finalmente consegui organizar algumas coisas em relação aos meus livros. Criei dois blogs: um só para a saga A Caverna de Cristais e outro para colocar todos os meus livros em ordem de publicação, com resumo e capas (clique nos links para conhecer os blogs).
Isto resolve a falta de atualização dos meus sites e, mais importante, abre um espaço interativo muito legal com os leitores. Os novos blogs ainda facilitam bastante minha vida na hora de postar novidades, agilizando todo o processo. E continuo mantendo este aqui, o Mundo Nergal, como o mais importante: é onde coloco tudo e mais um pouco sobre minha vida como escritora.
Claro que os meus velhos e queridos sites cumpriram a parte deles e já me ajudaram bastante, mas, como são antigos, não acompanharam a tecnologia da internet. É inevitável que eu acabe por desativá-los em breve. :-)

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Livro novo na Bienal, Viriato Corrêa e Fantasticon

Agosto é o mês de lançamento de Sangue de Lobo (editora DCL), livro que escrevi com a Rosana Rios. Olha só as datas:

Dia 14/8, às 16h - Lançamento na Bienal do Livro de São Paulo, no estande da DCL (Ruas J12/K13). Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi (Av. Olavo Fontoura, 1209).
Dia 22/8, das 14 às 19h - Lançamento na Jornada Lobisomem, na Biblioteca Viriato Corrêa, numa programação especial que inclui palestra e jogos de RPG. Veja detalhes no convite acima...
Dia 29/8, à tarde - Lançamento no Fantasticon 2010 - IV Simpósio de Literatura Fantástica, também na Biblioteca Viriato Corrêa (Rua Sena Madureira, 298, Vila Mariana, São Paulo).

Então, convite feito! Esperamos você. :-)

Em Sangue de Lobo, um antigo original de um livro, contando uma história de mistério e morte, jaz esquecido num pequeno museu em um restaurante no sul de Minas Gerais. Duas jovens, Ana Cristina e Cristiana, em viagem com a família de Ana, encontram-no e leem a história. Elas ficam assustadas, pois o enredo do livro retrata exatamente o jogo de RPG que elas criaram com amigos em São Paulo. E o mais curioso: a história se passa na cidade onde vão passar as férias. Foi lá que ocorreram crimes em série no início do século XX. E, no mesmo local, 100 anos depois, volta a acontecer uma sequência sinistra de mortes – oito macabras bonecas de porcelana parecem corresponder às vítimas de um insano assassino serial.
As histórias do presente e do passado se misturam a partir do lobisomem Hector, um jovem inglês do passado que luta contra a maldição da Lua Cheia.
Para saber mais, acesse nosso blog e siga a Ro no Twitter (@Sanguedelobo).

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Minha versão de Tristão e Isolda :-)

Finalmente chegaram meus exemplares de Tristão e Isolda, adaptação que fiz para a editora Berlendis & Vertecchia. Sei que é corujice dizer isso, mas... o livro ficou lindo!!! Tudo redondinho: as ilustrações do Alarcão, o projeto gráfico do Bruno Berlendis de Carvalho, a revisão caprichada do Eugênio Vinci de Moraes, a finalização da Claudia Intatilo... Muito obrigada a vcs!
Ninguém sabe quem criou a história de Tristão e Isolda e tampouco se estes personagens foram reais. Talvez tenha existido um texto sobre o romance, pois as aventuras de Tristão já eram conhecidas no século VII. Mas, se o texto existiu de verdade, perdeu-se no tempo. O que se costuma considerar como origem do romance é uma lenda celta, Diarmaid e Grainne, sobre a paixão de um jovem guerreiro pela filha do rei da Irlanda. A história de Tristão e Isolda só ganhou a versão que conhecemos a partir do século XII, com autores como Béroul e Thomas.
Na minha adaptação do clássico, investi numa narrativa ágil, que não facilita nem um pouco a vida do coitado do herói (nas minhas histórias, eles sempre sofrem... e muito! rsrs). Claro que há romance, reviravoltas e boas pitadas de humor, mas sem perder de vista os relatos originais.