domingo, 18 de outubro de 2009

Kimaera já está na gráfica

Minha ansiedade é enorme para ter em mãos meu 13o. livro: Kimaera - Dois Mundos, que logo será oficialmente lançado pela Jambô Editora. Como me contou o Guilherme, meu editor, num recado deixado no msn (é como conversamos, pois ele está lá em Porto Alegre e eu moro em Santos), a gráfica já enviou as provas e o cronograma do livro, que será entregue na próxima segunda, dia 26, na editora. Bom, até meus exemplares chegarem aqui, mais uns cinco dias (se os Correios ajudarem, claro).
Livro da gente sempre é livro da gente, principalmente se for o número 13 (número de bruxa, de gato preto e, claro, de muita sorte! hehe). E é sempre motivo de orgulho, igual a filho. :-)
Ah, uma curiosidade: depois olhe a pirâmide que aparece na imagem deste post, tirada da quarta capa do livro. Se vc é fã de Stargate como eu, o Gui e minha querida amiga Rosana Rios, vai entender... rsrs
Não lembro se já colei no blog o trechinho abaixo. É o começo do livro e dá uma ideia do que vem depois...
"— Ao final da era de caos, surgiu o primeiro homem...
O velho louco abaixou ainda mais o tom de voz, quase um sussurro, como se estivesse contando o mais importante dos segredos.
— Ao primeiro homem, uniu-se a primeira mulher – continuou. – Juntos, os dois dariam início à raça humana. Seus descendentes construiriam civilizações, povoariam os mundos. Mas o primeiro homem teve medo. Não quis dividir o poder com a primeira mulher e tampouco manter a relação de igualdade entre eles. Exigia submissão absoluta. A primeira mulher, então, escolheu a liberdade. Partiu numa manhã ensolarada, carregando em seu ventre as duas crianças, um menino e uma menina gerados em sua curta união com o primeiro homem. Este sentiu o peso do abandono, a solidão, a tristeza... E decidiu tomar para si a segunda mulher. Obediente, a segunda mulher se submeteu aos caprichos masculinos. E o primeiro homem trilhou o próprio caminho. Teve muitos filhos e, através deles, perpetuou sua linhagem.
— E o que aconteceu à primeira mulher? – quis saber Goliah, curioso.
— Seus filhos geraram outros filhos, que geraram outros filhos e assim se seguiu através dos tempos.
Goliah franziu a testa, indeciso entre cortar o pescoço do velho louco ou continuar a mantê-lo prisioneiro na cela imunda que este ocupava há anos.
— Essa primeira mulher... Tinha um nome, velho? – perguntou, por fim, enquanto guardava a espada de volta à bainha.
O velho louco ergueu para Goliah os olhos brilhantes, carregados de esperança.
— Os dois filhos a chamavam de Kimaera..."

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Neve e dragões em Sampa

O escritor Raphael Draccon e eu vamos participar de um bate-papo sobre literatura fantástica, que acontece durante o lançamento do novo livro dele, Corações de Neve, a aguardada continuação de Dragões de Éter. O evento será no dia 17 de outubro, às 18h, na Livraria Cultura do shopping Market Place, em São Paulo. A publicação, com uma capa belíssima do Renato Alarcão, é da editora Leya.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Em Londrina, na Feira de Livros Sesc Paraná

Neste sábado, dia 10 de outubro, às 10h, estarei em Londrina, participando da 28a. edição da Feira de Livros Sesc Paraná. O bate-papo sobre literatura, jornalismo, meus livros e afins será na Unidade do Sesc Centro.
Se você for de Londrina, apareça por lá!