quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Chocolate com sabor de sangue

Meu livro número 22, Sabor de Sangue e Chocolate, é mais uma história publicada por uma das minhas editoras preferidas, a Escrita Fina. A capa incrível e o projeto gráfico foram feitos pela Suiá Taulois e o texto recebeu os cuidados da talentosa equipe da editora. Meninas, muito obrigada!
Era para ser um livro juvenil cheio de suspense e mistério, mas, conforme fui escrevendo, percebi que só ficariam o suspense e o mistério... rsrs Leia a cena abaixo e você me entenderá:
“Sem fazer barulho, Alex atravessou a chocolateria. Mal pisou o corredor e o cheiro de sangue fresco invadiu suas narinas. Na escuridão, reconheceu o vulto de Claudia. Passara por ela, mas não a notara. A garota acendeu o visor do celular. Segurava o aparelho numa das mãos, enquanto a outra entreabria o casaco, iluminando uma trajetória de sangue que começava num corte, em seu pescoço, e deslizava sedutoramente até os seios. Estava nua sob o agasalho.
A fome mal-alimentada de Alex ressurgiu com urgência. Claudia escondeu num dos bolsos a faca com que acabara de se cortar e, com um sorriso malicioso, mordiscou o lábio inferior.
— Vem buscar teu celular... — convidou, num sussurro.”
Ou seja, graças a cenas um tanto mais sensuais como esta, o livro acabou destinado ao público leitor jovem...
Ah, e antes que você pense que é mais uma história de vampiros, vou logo avisando: não tem vampiros e muito menos lobisomens. Mas tem um outro tipo de criatura... Muito sexy, cruel e, claro, com um apetite voraz por sangue.
O título, então, brinca com esse lance do sangue e traz uma das minhas paixões, o chocolate. Tudo porque meu personagem principal, o Alex, sonha em ser chef de cozinha e, graças a uma triste circunstância, se torna hóspede de uma velha chocolateira lá no sul do país, numa cidadezinha onde começam a ocorrer crimes estranhos. Aliás, o nome Alex é uma homenagem a um importante chef brasileiro, reconhecido inclusive no exterior, o Alex Atala. :-)
Curiosamente, o título ficou parecido com o título do livro da Annette Curtis Klause, Sangue e Chocolate, que a editora Underworld lançou recentemente. Enfim, uma dessas coincidências da vida.
Voltando ao Sabor: a trama respira gastronomia nas entrelinhas, nos pratos citados, nas descrições de alguns ambientes, na experiência dos sabores diversos, na simples e, ao mesmo tempo, complexa vontade de experimentar. E sem esquecer que é daquelas aventuras cheias de ação e reviravoltas, do jeito que gosto de escrever.
O book trailer já traz uma pequena amostra do que virá por aí. ;-)

Quer conhecer o primeiro capítulo? Então clique aqui (a senha é sabor). E a sinopse completa está neste link.

domingo, 8 de maio de 2011

Convite: Conexão Magia

Neste sábado, dia 14 de maio, das 15h30 às 18h30, eu e a Rosana Rios estaremos na Livraria Martins Fontes, na Avenida Paulista, em São Paulo, para o lançamento oficial do Conexão Magia, nosso segundo livro escrito a quatro mãos. É também meu quarto livro pela Rocco e o primeiro da Ro pela editora.
No post abaixo, você confere a sinopse. ;-)
Esperamos você lá!

sábado, 19 de março de 2011

Novo livro: Conexão Magia

Após muito tempo sem blogar, volto para contar sobre o novo livro que escrevi com a Rosana Rios: é o Conexão Magia, que a Rocco lança no final deste mês (já está na gráfica!). Nosso querido CM é uma daquelas aventuras bem movimentadas, cheia de mistérios e com muita magia. Acima, você confere a capa, feita por Marcelo Martinez, do Laboratório Secreto, com ilustração de Moises Braga.
Abaixo, a sinopse. :-)
E se a magia existir aqui, agora, sem varinhas mágicas ou vassouras voadoras? E se muito pouco for preciso para se enxergar além do véu que esconde o inacreditável, oculta a conexão com a magia? E se os povos mágicos existiram entre nós o tempo todo, seus poderes disfarçados para não serem perseguidos, dizimados, queimados em fogueiras? Vamos encontrá-los nesta história, porém não em locais míticos ou castelos distantes. Os clãs pertencentes à magia estão pelo mundo e nas cidades brasileiras, como São Paulo, Salvador e Rio de Janeiro, carregando tradições, convivendo com a modernidade – e ainda recordando as palavras de poder ancestral.
Gael, um estranho adolescente que foi adotado ainda bebê por uma família humana, descobre que é alguém que jamais deveria ter nascido. Caçado como um animal, ele precisará correr contra o tempo para escapar da morte e salvar sua família adotiva. Enquanto isso, uma terrível guerra entre os clãs mágicos está prestes a explodir, sem que os humanos sequer desconfiem do perigo que estão correndo.